Bonito: O refúgio ecológico de Mato Grosso do Sul

Assim como o próprio nome já sugere, Bonito é uma belíssima cidade do Mato Grosso do Sul localizada a apenas 200 quilômetros da capital do estado (Campo Grande) e conhecida por ser um refúgio ecológico.

Quem gosta de estar em contato com a natureza, portanto, não pode deixar de visitar esse lugar pelo menos uma vez.

Por mais que o local não seja muito grande, é o destino ideal para encantar tanto os olhos quanto a mente e o corpo.

Afinal de contas, o contato tão íntimo com a natureza, seja ao mergulhar com peixes ou ao fazer trilhas, proporciona aquela tranquilidade que não é possível encontrar em grandes centros urbanos.

No geral, é realmente impressionante a quantidade de coisas para fazer em Bonito – a maioria delas ligada à natureza, é claro.

Algumas opções, por exemplo, são: tomar banhos de cachoeira, admirar paisagens incríveis, descer de rapel em uma gruta, observar os animais em seu habitat natural, e assim por diante.

Não é à toa, portanto, que muitas pessoas que vão até Bonito desejam ficar mais tempo por lá.

Mesmo pequena, a cidade é muito charmosa e oferece uma excelente infraestrutura para os turistas, que pode ser facilmente comparada a grandes municípios.

O que está esperando então para embarcar nessa viagem e conhecer um pouco mais sobre Bonito?

Para isso tudo o que você precisa fazer é continuar acompanhando este conteúdo com bastante atenção para conseguir posteriormente montar o roteiro a fim de conhecer da melhor forma possível esse destino encantador.

O que fazer em Bonito?

Bonito - Nascente Azul

Bonito – Nascente Azul

Geralmente, o dia a dia de quem vai até Bonito se resume a fazer os mais diferentes tipos de passeios.

Há diversas opções para escolher: caminhada, rapel, mergulho, flutuação, entre outras.

Tudo dependerá diretamente das suas preferências e da quantidade de dias que passará na cidade.

Quer conferir algumas das melhores opções sobre o que fazer em Bonito?

Então acompanhe logo abaixo.

Aquário Natural

Considerada uma das atrações mais próximas do centro de Bonito, o Aquário Natural é um local destinado para os turistas que querem fazer flutuação, mergulho e trilhas, e até mesmo ver alguns animais locais e curtir uma piscina.

O melhor de tudo é que no caso do mergulho e da flutuação, existem guias especializados que ensinam os visitantes a utilizarem os equipamentos da forma adequada e realizam um pequeno treinamento prévio na piscina.

Falando especificamente sobre a flutuação, é importante mencionar que ele á feita no Rio Baía Bonita, um local onde os turistas podem ver a nascente de dentro da água, além de inúmeros peixes.

Para chegar até o Aquário Natural é necessário percorrer por volta de oito quilômetros em estrada de terra, podendo ser de táxi, carro ou inclusive de bicicleta.

Gruta do Lago Azul

Outro lugar que você não pode deixar de visitar em Bonito é a Gruta do Lago Azul, um dos principais símbolos da cidade.

Ao descer alguns degraus é possível se deparar com o incrível lago azul, que possui mais de 90 metros de profundidade.

O recomendável é fazer esse passeio durante as manhãs de dezembro ou de janeiro, ou seja, épocas em que o sol incide diretamente no lago e deixa a sua cor intensa e de tirar o fôlego.

No geral, a Gruta do Lago Azul é cenário de belíssimas fotos e um espaço para relaxar curtindo aquilo que a natureza oferece.

Parque das Cachoeiras

O Parque das Cachoeiras também é um local a ser visitado em Bonito, destinado principalmente para fazer caminhadas, ver pequenas grutas e quedas d’água, descer de tirolesa, curtir piscinas, entre outras coisas.

O ideal é separar um dia todo para ir até lá a fim de aproveitar de fato tudo aquilo que o parque tem a oferecer.

Passeio de Bote no Rio Formoso

Por fim, mas não menos importante, o passeio de bote no Rio Formoso também é uma das melhores atrações da cidade.

Feito em grupo, o passeio percorre exatos sete quilômetros no Rio Formoso e é realizado com remos para dar mais emoção.

Ao todo, o bote no Rio Formoso passa por três corredeiras e três cachoeiras, e é ideal para aqueles turistas que gostam de aventura. Inclusive, há até mesmo uma parada para mergulho.

Quando ir?

Em linhas gerais, a melhor época para visitar Bonito é algo que depende do gosto de cada turista em específico.

A estação chuvosa da cidade, por exemplo, acontece entre dezembro e março coincidindo com o verão, ou seja, com o período de calor intenso.

Vale ressaltar que durante esses meses as cachoeiras estão mais cheias e as matas mais verdes.

Não se esqueça de que é nesse período que o sol incide na Gruta do Lago Azul deixando tudo ainda mais belo, certo?

Todavia, infelizmente existe a possibilidade de alguns passeios serem desmarcados por conta das chuvas.

Por sua vez, a estação mais seca acontece entre os meses de maio e agosto.

Nessa época os rios ficam mais cristalinos e com mais peixes, entretanto o frio pode estar presente.

Com base nessas informações, é você quem decide quando visitar Bonito, levando sempre em conta as suas preferências.

Pousadas e hotéis

Apesar de ser uma cidade pequena, Bonito oferece aos turistas diversas opções de hospedagens, para todos os gostos e bolsos.

Nesse sentido, para não ficar na dúvida na hora de fazer a sua escolha tenha em mente que a melhor área para ficar hospedado é no centrinho, nos arredores da tão conhecida Rua Principal.

Isso porque ao ficar na região é possível fazer praticamente tudo caminhando.

Pensando nisso, algumas das melhores opções são:

  • Hotel Pira Miúna;
  • Pousada Surucuá;
  • Hotel Cabanas ;
  • Pousada Gira Sol;
  • Pousada Moinho De Vento;
  • Pousada Remanso;
  • Pousada Boyrá.

Analise cada uma delas com calma antes de fazer a sua escolha, certo?

Lembre-se de que tudo depende do quanto você pretende gastar e também das suas preferências.

E então, o que achou de Bonito?

Está com ainda mais vontade de ir para essa cidade?

Se a resposta for positiva, a dica é já ir planejando o seu roteiro e decidindo a época que prefere fazer a sua viagem.