Montevidéu: Conheça os encantos da maior cidade do Uruguai

Capital e maior cidade do Uruguai, Montevidéu é um destino presente na lista de viagem de muitas pessoas.

Com um clima de interior, o local oferece diversas atrações turísticas e o seu passado histórico realmente chama a atenção dos visitantes.

Apesar de ser um país pequeno, o Uruguai recebe muitos turistas principalmente por conta de Montevidéu – ou Montevideo para os nativos.

A qualidade de vida, a limpeza das ruas e a educação no trânsito são apenas alguns diferenciais que essa cidade uruguaia possui quando comparada com outras da América do Sul.

Não é por acaso, portanto, que muitos turistas escolhem viajar para lá durante as férias, por exemplo.

Caminhar nas ruas arborizadas e tranquilas da cidade relaxa qualquer pessoa.

Depois de vários meses estressantes de trabalho, nada melhor do que se tranquilizar durante um passeio na Rambla, avenida costeira, observando os movimentos da água do Rio da Prata, que lembra muito um mar.

O centro histórico também não pode deixar de ser visitado, onde o moderno e o antigo se misturam, e o resultado é um local incrível e inesquecível.

É lá inclusive que está localizada a Plaza Independencia, uma das paradas obrigatórias de Montevidéu.

Na verdade, visitar essa cidade é conhecer um pouco mais sobre o passado da América do Sul e ficar encantado com todas as descobertas.

Quem gosta de aprender dificilmente sentirá vontade de ir embora.

Todavia, há ainda outras coisas que fazem Montevidéu ser tão conhecida no mundo todo.

O ar interiorano presente na capital com certeza é uma delas.

Quer conferir mais informações a respeito da maior cidade do Uruguai?

Basta ler este conteúdo até o final.

O que fazer em Montevidéu?

Montevidéu

Apesar de parecer uma cidade do interior, principalmente por não ter uma vida noturna tão agitada, existem diversas coisas para fazer e lugares para conhecer em Montevidéu.

Em um dia bem ensolarado, o ideal é dar uma volta pela cidade velha e observar todas as construções antigas e alguns pontos turísticos importantes localizados próximos à Plaza Independencia.

O Teatro Sólis, por exemplo, é o teatro mais importante da cidade e existe desde 1856.

O charme do edifício, tanto dentro quanto fora, é o que atrai muitos turistas.

Outro lugar interessante de conhecer é Puerta de la Ciudadela, a porta que restou da fortaleza que protegia a cidade anos atrás.

Se for até lá, não deixe de tirar uma belíssima foto.

Além de tudo isso, o Palácio Estévez também é uma parada fundamental para quem quer conhecer um pouco mais da história do Uruguai.

O local começou a ser construído ainda em 1873 e durante muito tempo foi utilizado como sede da presidência.

Hoje, o Palácio é o Museu da Casa do Governo e conta com móveis, objetos, trajes e outros itens que faziam parte do dia a dia dos presidentes do país.

O melhor de tudo é que a entrada é gratuita.

Já no final da tarde, caminhar pela Rambla e assistir ao pôr do sol é uma excelente escolha para aquelas pessoas que gostam de algo mais tranquilo.

Caso esteja em Montevidéu em algum domingo, não deixe de passear pela tradicional feira de Tristán Narvaja, lugar ideal para comprar algumas lembrancinhas.

É claro que observar o Rio da Prata também é algo que precisa estar em seu roteiro.

Independente se estiver calor ou frio, esse rio é belíssimo e, como já mencionado, pode facilmente ser confundido com o mar.

Durante a noite, apesar de não existir muitos programas, o Tabaré e o Baar Fun Fun são ótimos lugares para se divertir um pouco.

Quando ir?

Montevidéu

Todos os atrativos turísticos de Montevidéu podem ser conhecidos tanto no frio quanto no calor.

Sendo assim, para decidir quando visitar essa cidade você deve pensar qual temperatura prefere.

As estações são bem definidas por lá, ou seja, o verão é quente e o inverno é frio – lembrando que os meses de cada estação são iguais os do Brasil.

Não importa a época que escolher, tudo pode ser muito bem aproveitado.

Apenas não se esqueça de levar as roupas certas dependendo das temperaturas, certo?

Mesmo se decidir ir no verão, colocar pelo menos um agasalho na mala é importante, afinal a cidade é conhecida por ser um pouco mais gelada do que a maioria dos brasileiros está acostumada.

Caso prefira uma agitação maior, então viaje entre fevereiro e março, pois nesses meses existem muitas festividades de carnaval e a cidade fica lotada de turistas.

Pousadas e hotéis

Montevidéu

Quando o assunto é onde se hospedar em Montevidéu, é preciso analisar duas áreas antes de qualquer coisa.

É nessas áreas que estão localizados os principais polos hoteleiros da cidade: a orla e o centro.

A orla conta com ótimos restaurantes e bares, além de ser o melhor local para acessar a Rambla, aquela avenida costeira que foi mencionada ao longo do artigo.

É uma área mais residencial.

Já o centro é um lugar mais cheio de escritórios e de comércios, todavia a boa notícia é que os preços dos hotéis são mais acessíveis, e também é onde estão localizados os principais pontos turísticos.

Durante a noite, entretanto, as ruas são mais vazias e não há boas opções de restaurantes.

Portanto, você precisa fazer a sua escolha levando todas essas informações em conta.

Ambas as áreas oferecem opções de hotéis para todos os gostos e bolsos, tudo dependerá diretamente dos seus objetivos e das facilidades que deseja ter durante a viagem.

Quer apreciar o movimento à noite? Então fique hospedado em algum lugar na orla.

Já se prefere ficar mais perto dos pontos turísticos, o centro deve ser a sua opção.

Portanto, para ter uma boa experiência em Montevidéu e conseguir aproveitar ao máximo a sua viagem, além de definir o roteiro é necessário escolher a melhor época para visitar o local – no frio ou no calor –, bem como decidir a melhor área para ficar hospedado.

Não se esqueça de que tudo isso depende diretamente das suas preferências, certo?

Comece a pensar em tudo o quanto antes a fim de organizar o seu passeio.