O que esperar de Foz do Iguaçu?

Visitar Foz do Iguaçu pelo menos uma vez na vida é o sonho de muitas pessoas.

É o seu também?

Então o que está esperando para marcar sua próxima viagem para lá?

Com certeza não irá se arrepender, muito pelo contrário.

Afinal de contas, as belíssimas paisagens naturais não deixam a desejar.

Localizada no Paraná, essa cidade é bastante conhecida por dividir a tríplice fronteira brasileira com as vizinhas Ciudad del este, no Paraguai, e Puerto Iguazú, na Argentina.

Ou seja, ir até Foz, além de se deparar com inúmeras opções de lazer, é sinônimo também de poder conhecer outros países sem muitas dificuldades.

Já imaginou aproveitar uma única viagem para visitar mais de dois países?

Isso é totalmente possível se você decidir de fato que Foz do Iguaçu será o destino das suas próximas férias.

Todavia, vale ressaltar que não é apenas essa possibilidade de conhecer diferentes países que atrai os turistas até a cidade.

Na verdade, são as Cataratas do Iguaçu as principais responsáveis pelo sucesso da região.

Formadas por conta de um acidente geológico ocorrido há mais de 200 mil anos, ao ir até elas é possível se deparar com mais de 250 quedas d’água de 40 até 80 metros.

Não é à toa, inclusive, que as Cataratas são eleitas uma das sete maravilhas da natureza.

A beleza do lugar é de tirar o fôlego de qualquer um.

Mas, será que Foz do Iguaçu se resume somente às atrações que foram mencionadas acima?

É exatamente isso que você descobrirá ao ler este conteúdo até o final antes de embarcar em sua próxima aventura.

Como chegar em Foz do Iguaçu?

Para começar, é importante deixar claro que a cidade de Foz do Iguaçu está localizada no extremo oeste do Paraná, exatamente na tríplice fronteira com o Paraguai e a Argentina.

Com base nisso, a maneira mais fácil e prática de chegar até lá é pegando um voo direto para o aeroporto internacional do município.

O melhor de tudo é que esse aeroporto fica a apenas 12 quilômetros do centro de Foz, e pode ser acessado de transfer, táxi e até mesmo ônibus.

Existe também a possibilidade de ir de carro ou de ônibus até a cidade, contudo isso dependerá diretamente da sua localização.

Para se ter uma ideia, as capitais mais próximas do local são: Curitiba (637 km), Florianópolis (944 km), Porto Alegre (986 km) e São Paulo (1.047 km).

De qualquer forma, na maioria dos casos é o avião que acaba compensando mais, principalmente pela praticidade que ele é capaz de oferecer.

Quando ir?

Decidiu realmente visitar Foz do Iguaçu e já sabe como vai até lá?

Então o próximo passo é descobrir quando é a melhor época do ano para conhecer o local.

Isso é muito importante porque definirá, por exemplo, como você verá as Cataratas: com pouca ou com muita água.

Como já era de se esperar, no período de seca as quedas d’água acabam ficando menos volumosas.

Por outro lado, na época de chuva elas ficam mais volumosas e impressionantes.

Nesse sentido, fique sabendo que os meses mais secos são maio, junho e agosto, e os mais chuvosos são janeiro, outubro e dezembro.

Sendo assim, se preferir ver as quedas d’água mais volumosas a dica é ir entre os primeiros meses citados.

O que fazer em Foz do Iguaçu?

Com todas essas questões definidas, finalmente chegou o momento de saber de fato o que fazer em Foz do Iguaçu – com certeza você está bastante curioso, não é mesmo?

Descobrir quais são as principais atrações da cidade é fundamental para conseguir montar o seu roteiro de viagem da melhor forma possível, levando em consideração tudo aquilo que deseja conhecer.

Pensando nisso, acompanhe logo a seguir algumas das possibilidades de diversão que essa cidade tão visitada todos os anos oferece aos turistas:

Cataratas do Iguaçu

É claro que as Cataratas do Iguaçu não poderiam ficar de fora dessa lista, afinal elas são a principal atração de Foz.

Caso ainda não saiba, essas quedas d’água estão localizadas tanto do lado brasileiro quanto do lado argentino.

Isso quer dizer que você pode visitá-las nos dois países, já que ambos oferecem atrações diferentes.

Falando especificamente sobre o lado brasileiro, é importante destacar que as Cataratas estão localizadas no Parque Nacional do Iguaçu.

Dentre as principais quedas d’água dessa beleza natural, cinco ficam no Brasil: União, Santa Maria, Benjamin Constant, Deodoro e Floriano.

Além disso, do lado do Brasil os turistas podem pegar o ônibus que sai do Centro de Visitantes e descer até a parada da Trilha das Cataratas, um caminho de 1,2 km que leva a vários mirantes e segue até a Garganta do Diabo – a maior de todas as quedas.

Por sua vez, o lado argentino oferece mais opções de passeios para os visitantes.

Por lá, as Cataratas podem ser observadas através de cinco caminhos diferentes: Sendero Macuco, Isla San Martín, Circuito Superior, Circuito Inferior e Garganta del Diablo.

Parque das Aves

Além das Cataratas, outra atração muito famosa de Foz do Iguaçu é o Parque das Aves – o maior parque de aves da América Latina.

Em funcionamento desde 1994, o local é conhecido por ser um centro de recuperação e conservação de aves com reconhecimento internacional, abrigando mais de 1.300 animais das mais variadas espécies.

Dentro do parque, as aves habitam tanto em viveiros fechados quanto em abertos e semi-abertos – nesses últimos é possível entrar dentro da cerca para ficar ainda mais perto dos animais.

Puerto Iguazú

Por fim, outro passeio que não pode ficar de fora do seu roteiro é cruzar a fronteira com a Argentina e conhecer um pouco mais a cidade Puerto Iguazú.

Mesmo sendo pequena, lá você consegue fazer comprar de produtos típicos do país (vinhos, queijos e couros, por exemplo), experimentar as famosas churrascarias argentinas, conhecer as Cataratas de outro ângulo e o melhor: visitar um país diferente.

Viu só quantas coisas você pode esperar de Foz do Iguaçu?

A cidade é realmente encantadora, motivo pelo qual milhares de turistas vão até lá todos os anos.

Já está planejando a sua viagem?